A administração do preço de venda é uma tarefa muito complexa, pois envolve elementos como: o mercado, a estrutura de custos, ociosidade, entre outros. Não basta saber calcular o preço de venda, é necessário um acompanhamento permanente do comportamento do mercado, do volume de vendas, ponto de equilíbrio e evolução da estrutura de custos.

Em determinadas circunstâncias, pode-se aumentar ou diminuir o preço de venda para maximizar os lucros ou evitar prejuízos. Por exemplo, vamos supor que a empresa já tenha alcançado o ponto de equilíbrio.  Quando o volume de vendas alcança o ponto de equilíbrio, significa que o custo fixo já está pago e o que vem depois é lucro. Nesse caso, pode-se retirar parte do custo fixo do cálculo, baixando o preço sem diminuir a margem de lucro. Essa pratica pode viabilizar uma venda em grande quantidade, maximizando os lucros. Por outro lado, em épocas difíceis, pode-se diminuir a margem de lucro para manter o volume de vendas no ponto de equilíbrio, dessa forma, estará pagando os custos fixos e evitando prejuízos. O preço de venda também pode ser alterado estrategicamente para não perder espaço para a concorrência.

A Santana Contabilidade oferece consultoria na formação e administração do preço de venda a preços acessíveis para micro e pequenas empresas.

Se você já é cliente da Santana Contabilidade, essa consultoria já está inclusa na mensalidade, ligue para nós. Se você ainda não é cliente clique em QUERO SER CLIENTE MENSAL ou QUERO APENAS CONSULTORIA NA FORMAÇÃO E ADMINISTRAÇÃO DO PREÇO DE VENDA.

Custos Fixos

São aquelas que não variam conforme o volume de vendas, ou seja, é o custo da estrutura funcional da empresa. Elas existem independentemente de ter ou não vendas.

Capacidade Vendas

É o quanto a empresa consegue vender com uma determinada estrutura de custo fixo.

Custos Variáveis

São as que variam conforme o volume de vendas, ou seja, elas incidem sobre o preço de venda, de forma que só existem se houver vendas.

Margem de Lucro Líquida

É o lucro líquido obtido na venda de determinado produto, ou, seja, é o que sobra do preço de venda após deduzidas as despesas fixas e variáveis. (Valor de venda menos custo da mercadoria, despesas e impostos).

Ponto de Equilíbrio

É um indicador que mostra quanto a empresa precisa vender para pagar todos os custos despesas. Quando o volume de vendas alcança o ponto de equilíbrio, significa que a receita é igual a todos os custos e despesas, o que deixa o empresário tranqüilo, que não haverá prejuízos. A empresa só começará a produzir lucros quando o volume de vendas ultrapassar o ponto de equilíbrio. Com isso podemos afirmar que:

Volume de vendas igual ao ponto de equilíbrio = lucro zero

Volume de vendas menor que o ponto de equilíbrio = prejuízo

Volume de vendas maior que o ponto de equilíbrio = lucro.

Pelo que vimos acima, é de fundamental importância que o empresário saiba calcular o ponto de equilíbrio de sua empresa, somente assim ele saberá o quanto precisa faturar para não ter prejuízo.

Para calcular o ponto de equilíbrio, basta aplicar a seguinte fórmula matemática: PE = CF/1-CV, onde:

PE = Ponto de Equilíbrio

CF = Custo Fixo

CV = Custo Variável

Analisando o cálculo do ponto de equilíbrio podemos concluir que:

  1. Quanto menor o ponto de equilíbrio, melhor;
  2. Quanto menor o custo fixo, menor será o ponto de equilíbrio;
  3. O gráfico acima mostra que o valor das vendas é exatamente igual ao custo total e o resultado é zero.

Markup

Markup ou Mark Up é uma palavra inglesa que significa remarcação do preço para cima, aumento do preço. É um índice aplicado sobre o custo de um produto ou serviço para a formação do preço de venda, somando-se ao custo unitário do produto ou serviço uma margem de lucro para obter-se o preço de venda.

O preço de venda deve ser suficiente para cobrir todos os custos, despesas, impostos e sobrar a margem de lucro pretendida. Dessa forma conclui-se que o preço de venda é igual a somatória de todos os custos e lucro.

(+) Custos

(+) Despesas

(+) Impostos

(+) Lucro

(=) Preço de Venda

Fórmula do Markup Divisor

MKD = 1-CF-CV-ML, onde:

MKD = Markup Divisor
1 = representa o preço de venda Um inteiro
CF = Custo Fixo São representados em forma de coeficiente, ex. 0,1 significa que representa 10% do preço de venda (A soma de CF + CV + ML é sempre igual a 1 inteiro).
CV = Custo Variável
ML = Margem de Lucro

Fórmula do Markup Multiplicador

MKM = 1/MKD


Gostou do conteúdo?

Então preencha o formulário abaixo para baixar sua planilha sobre ADMINISTRAÇÃO DE PREÇO DE VENDA e CÁLCULO DO PONTO DE EQUILÍBRIO e bons negócios!