Os recentes escândalos de corrupção têm proposto ao mundo corporativo intensas discussões sobre novos instrumentos jurídicos que sejam capazes de minimizar a ocorrência desses episódios e como enfrentá-los no dia-a-dia. Por conta disso o compliance tem sido um tema bastante discutido. O termo é derivado do verbo inglês – to comply que, significa dizer, agir de acordo com as regras, instruções internas etc. Quando começou a tornar-se popular, era comum associá-lo ao esforço das organizações para estar em conformidade com a legislação. Hoje, não se limita somente a isso! Manter a organização em conformidade significa à atenção dada às regras governamentais, padrões éticos aceitáveis, legislação específica para o setor de atuação, regras internas da organização, dentre outras.

Quero saber mais sobre Compliance – A integridade dos negócios está pautada nos padrões de ética

Nesse link, saiba também sobre:

– Contabilidade Gerencial | Balanço Social – Demonstração de informações de natureza social e ambiental;

– Prática Trabalhista | Reforma Trabalhista – Jornada de Trabalho 12 x 36;

– Inteligência Fiscal | PER/DCOMP – Pedido eletrônico de restituição ou ressarcimento e da declaração de compensação;

– Direito Empresarial | Acordo de Acionistas – Práticas administrativas e de condução da companhia.