(11) 2065-8200

Todo empreendedor sonha em ver sua empresa ganhar destaque no mercado, crescer, gerar empregos.

Mas, da abertura de um novo negócio à sua consolidação e, posteriormente, evolução, é preciso trabalho, planejamento e a clara ideia da importância e benefícios da gestão financeira.

Confira, a seguir, como encarar os desafios e manter o crescimento organizacional de modo seguro e contínuo, mantendo o orçamento sob controle.

A dificuldade em controlar as finanças

No Brasil, existe uma dificuldade cultural em controlar o orçamento. E é exatamente esse o principal motivo para o endividamento pessoal.

Se esse já é um problema grave para a pessoa física, torna-se um evento de grandes consequências negativas para as empresas que não reconhecem os benefícios da gestão financeira e, por isso, não efetuam um controle sistemático em seu orçamento.

Segundo dados do Relatório de Sobrevivência das Empresas no Brasil, de autoria do Sebrae – Serviço Brasileiro de Apoio à Micro e Pequenas Empresas, 25% dos empresários, que fecharam seus negócios nos últimos anos, não deram a devida importância à gestão financeira.

Eles apontaram os problemas financeiros, a inadimplência e a falta de crédito como alguns dos principais fatores que contribuíram para a quebra da empresa.

Um dos motivos para isso, além da questão cultural, é que muitas empresas começam o negócio como empreendimento de “uma pessoa só”, sem contar que as anotações orçamentárias acabam sendo feitas em planilhas simples, alimentadas manualmente.

Por mais que a pessoa seja organizada, é normal que, com o acúmulo de tarefas e com o aumento na movimentação orçamentária, equívocos possam acontecer.

Sendo pequena, média ou grande, um empreendimento tem muitas contas a pagar: fornecedores; contas de telefone; água e luz; aluguel; folha de pagamento e muito mais.

 

Basta esquecer de registrar uma despesa ou anotar uma entrada em duplicidade, para gerar relatórios errados e atrapalhar as contas e o crescimento da empresa.

Ter controle é essencial para manter a saúde orçamentária e para obter todos os benefícios da gestão financeira.

Obtendo controle da gestão financeira

Quando o empreendedor vende seus produtos e paga suas contas, mas não estuda nem entende a real dimensão de suas entradas e saídas, ele não possui um controle real de seu negócio.

É preciso acompanhar cada detalhe para planejar as finanças, saber como economizar de modo inteligente (sem interferir na qualidade), investir no que vai gerar lucro e longevidade ao negócio, enfim, garantir os benefícios da gestão financeira e usá-los a favor da evolução da empresa.

Nesse sentido, vale lembrar que não importa o porte organizacional, o uso de tecnologia é essencial, para que entradas e saídas sejam registradas de modo correto, em tempo real, evitando falhas ou perda de documentos em função de vírus ou pane em equipamentos.

Afinal, o sucesso de um negócio não se baseia apenas no número de vendas, mas no equilíbrio das contas, sendo imprescindível que seu controle seja feito por profissionais capacitados para isso. Tenha certeza: esse é um excelente investimento!

Sugestão de leitura: Saiba como administrar uma pequena empresa

Benefícios da gestão financeira

Por mais que seja trabalhoso coletar dados, planejar finanças, definir metas e acompanhar resultados, essas são funções essenciais e estratégicas que geram muitas vantagens ao empreendimento.

E, como foi dito, todo gestor que sonha com o crescimento empresarial, deve dar a devida atenção aos recursos financeiros, uma vez que eles impactam diretamente na continuidade (ou não) da empresa.

Confira, agora, os principais benefícios da gestão financeira feita de modo planejado e profissional.

1. Redução de custos

Ao ter controle confiável, e em tempo real, de todas as despesas, é possível  cortar aqueles gastos supérfluos, economizando para investir no que realmente é importante para a saúde financeira e o crescimento da empresa.

 

2. Honrar os compromissos financeiros

Poucas situações são tão prejudiciais à imagem organizacional quanto ser taxado como mau pagador. Além disso, não honrar compromissos fecha as portas para muitas oportunidades de negócio, como acesso a linhas de crédito, por exemplo.

E se o compromisso for o salário dos colaboradores, nunca é demais lembrar que profissionais sem motivação comprometem a produtividade, qualidade e prazo de entrega.

3. Efetuar investimentos inteligentes

Entre os benefícios da gestão financeira, devemos destacar a possibilidade da empresa efetuar investimentos inteligentes que se traduzem em vantagem competitiva, maior qualidade aos produtos e serviços, aprimoramento no atendimento dos clientes, capacidade de inovar e abrir novas oportunidades de negócio, etc.

4. Garantir continuidade do negócio

Já vimos que a falta de controle de gastos leva muitas empresas a fecharem as portas. Por isso, é preciso incluir nesta lista de benefícios da gestão financeira a continuidade da empresa, por conta do equilíbrio entre despesas e entradas, bem como o uso inteligente do lucro obtido.

5. Atrair investidores

Investidores estão em busca de negócios rentáveis. Portanto, manter as contas no azul, garantindo bons resultados, aumenta seu valor de mercado e a capacidade de atrair melhores investidores. E, com o investimento certo, a organização não apenas se mantém saudável, como pode crescer continuamente.

Não perca espaço no mercado. Garanta os benefícios da gestão financeira e conquiste o crescimento e a continuidade de seus negócios.

Deseja saber mais sobre os benefícios da gestão financeira no contexto da sua empresa? Fale com nossos contadores

  Fale no WhatsApp