(11) 2065-8200

As dicas de produtividade para home office nunca foram tão procuradas como agora, em tempos de coronavírus, quando o trabalho remoto ganhou imenso destaque no mundo todo.

Muitas empresas, aquelas que nunca consideraram tal modelo de trabalho, foram pegas de surpresa, tendo que se reinventar da noite para o dia para se continuar funcionando. E a pergunta que ficou foi: como garantir que os colaboradores continuem sendo produtivos nesse cenário, com tantas mudanças de rotina?

A resposta você descobre nesse artigo, com as dicas do próximo tópico.

5 dicas de produtividade para home office durante a crise do coronavírus

1- CONVERSE COM SUA EQUIPE

Transparência é a palavra-chave: fale abertamente com toda a sua equipe sobre a necessidade da adoção do home office e do quanto é importante a colaboração de cada um.

Tome cuidado com o tom adotado, evitando o pânico, lembre seus colaboradores da importância de também conversarem com seus familiares, afinal eles também acabarão participando dessa nova rotina indiretamente, e ofereça um treinamento breve abordando questões como:

  • A importância de manter a disciplina;
  • As dificuldades que podem ocorrer no dia a dia e como solucioná-las;
  • Dicas de técnicas para conseguir se concentrar trabalhando em casa.

2- GARANTA QUE SEUS COLABORADORES TERÃO AS FERRAMENTAS CERTAS À MÃO

Um dos maiores problemas em ter que adotar o home office em curto espaço de tempo é conseguir garantir que todos terão as ferramentas necessárias para trabalhar de casa. Afinal, muitos colaboradores não possuem uma boa internet, ou mesmo um computador no qual seja possível desempenhar as tarefas.

Mas, de qualquer forma, existe essa responsabilidade, e ela é sua como chefe. Converse antecipadamente com aqueles que possuem maior dificuldade para solucioná-la o quanto antes, se preciso envie os computadores da empresa, já equipados, para a casa de cada pessoa, aumente a velocidade da internet nas casas onde ela não é rápida o suficiente, envie também os móveis (mesa e cadeira) e o que mais for preciso para garantir a produtividade.

3- DEIXE CLARA A QUESTÃO DO HORÁRIO DE TRABALHO

O expediente deverá ser mantido ou a jornada será reduzida, junto ao salário, como em outras empresas?

Independente da resposta, seus funcionários precisam ser informados e precisam, também, de horários determinados para fazer uma pausa, tanto para almoçar quanto para relaxar um pouco entre uma tarefa e outra.

Lembre-se: por mais que você queira “vigiar” cada um, e mesmo achando importante que se sintam vigiados para melhorar o desempenho, todos têm direito a descansar por alguns minutos algumas vezes ao dia. Isso também garante um dia mais produtivo.

4- DEFINA TAREFAS DIÁRIAS

Ainda sobre a questão do horário: será que realmente é preciso trabalhar com algum?

Durante a quarentena resultante da pandemia do coronavírus muitos dos seus clientes também não estarão trabalhando ou não estarão em condições de solicitar seus serviços/produtos. Some a isso o fato de que a maioria dos seus colaboradores em home office terão que lidar com as distrações familiares, muitas vezes não conseguindo trabalhar direito no horário comercial.

Então por que não definir tarefas diárias para serem entregues sem um horário específico, mostrando uma gestão mais flexível e empática? Faça o teste, você poderá se surpreender.

5- MANTENHA CONTATO

Acompanhar diariamente o trabalho é uma coisa, e “vigiar” é outra, que definitivamente não se encaixa nas dicas de produtividade para home office.

Mantenha contato com seus colaboradores para garantir esse acompanhamento, e isso pode ser feito de diversas formas, principalmente utilizando as chamadas de vídeo em grupo, para que todos possam continuar se sentindo parte de um time.

Que tal começar e terminar o dia com alguma mensagem motivacional ou uma reunião breve para escutar a equipe?

Mantendo a produtividade após a pandemia

Agora que você já conhece as dicas de produtividade para home office em tempos de coronavírus, é hora de se atentar a outra informação: esse modelo de trabalho veio para ficar.

Trata-se de algo que ao que tudo indica terá 30% de crescimento após a pandemia, como informado nessa matéria do UOL, e esse é um reflexo do quanto as empresas estão tentando se reinventar.

Para aqueles que não querem ficar para trás, é preciso não só continuar seguindo à rica as dicas acima e as orientações de especialistas, como também melhorar o treinamento dos colaboradores, pois nem todas as pessoas conseguem se adaptar ao trabalho remoto. E isso, claro, gera custos para a empresa em termos de contratação e demissão.

E por falar nisso: você sabe o custo que cada funcionário representa em sua empresa?

Mesmo que não continue utilizando o home office, é primordial ter essa informação, que pode ser obtida gratuitamente através da nossa Planilha de Custo de Contratação, disponível para download nesse link.

Basta informar o valor dos salários e dos benefícios para obter o custo, e se ficar com qualquer dúvida nossa equipe está à disposição.

  Fale no WhatsApp